In news

Devido aos altos índices de poluição dos oceanos, a Volvo decidiu combater o problema com um projecto curioso no litoral de Sydney, na Austrália. Em parceria com o Instituto de Ciência Marinha da cidade, a marca criou uma “parede” que, busca limpar as águas do litoral do país com activos biológicos.

Volvo, Poluição, Parede Marinha, Superbrands Moçambique, Oceanos

Trata-se de bactérias e outros microrganismos, cuja alimentação acaba por absorver e filtrar os poluentes das águas de Sydney. Com estruturas que lembram árvores marinhas nativas, elas providenciam um habitatpara que estas criaturas se multipliquem e agilizem o processo. O projecto foi baptizado pela empresa de “The Living Seawall” (A parede viva, na tradução literal).

Foram criadas no total, cerca de 50 placas que serão monitoradas e estudadas por pesquisadores nos próximos 20 anos afim de determinar, o quanto elas melhoraram a biodiversidade e a qualidade da água do local. As placas foram instaladas em locais onde já havia paredes.

Além do “The Living Seawall”, a Volvo garante no site do projecto que até o fim de 2019 ela irá retirar todos os plásticos ao redor do globo, substituindo cerca de 20 milhões de plásticos por alternativas sustentáveis.

A marca também voltou a se comprometer com a fabricação de carros eléctricos, prometendo que irá colocar nas ruas cerca de um milhão de veículos movidos a eletricidade até 2025.

Recommended Posts
0
StartRocket, Satellite, Publicidade no Espaço, Branding News