In news

O Japão anunciou na última semana que utilizará um sistema de reconhecimento facial durante os Jogos Olímpicos de 2020. O sistema será usado para o controle da segurança na Vila Olímpica, monitorando atletas, equipas, voluntários e imprensa, num total de 40 locais.

Segundo o Comité Organizador de Tóquio, os registos faciais de todos os indivíduos credenciados para as olimpíadas serão armazenados numa grande base de dados e utilizados nos controles dentro dos locais listados. Porém, a empresa responsável pelo reconhecimento facial, a NEC Corporation, não explicou quais medidas de segurança serão tomadas para proteger as informações dessas pessoas.

Os scanners verificarão o cartão de identificação e farão a comparação entre a imagem em arquivo com a pessoa na vida real. O mesmo sistema também será utilizado nos Jogos Paralímpicos. “Ao introduzir o sistema de reconhecimento facial, nós esperamos alcançar altos níveis de segurança, eficiência e tranquilidade”, afirmou Tsuyoshi Iwashita, director executivo de segurança.

O objectivo é preparar o palco para uma implementação mais ampla dessa tecnologia em futuros jogos. Além de garantir um evento mais seguro, o sistema de reconhecimento facial diminui as burocracias na hora da identificação por documentos, reduzindo filas, por exemplo.

Recent Posts
0