In news

O governo moçambicano aprovou, na semana passada, os termos e condições da concessão à empresa Beluluane Gas Company, S.A, por 30 anos, do empreendimento Termoeléctrico de Beluluane com uma capacidade total instalada até 2000 MW.

Segundo a revista Economia & Negócios, a concessionária vai igualmente construir um sistema de gasoduto entre o porto da Matola e a central Termoeléctrica de Beluluane, na província de Maputo, ficando responsável pela produção e venda de energia em Moçambique e no estrangeiro.

A concessionária ficará com direito exclusivo para financiamento, construção, operação, exploração, manutenção e expansão de infra-estruturas para importação, recepção, armazenamento, tratamento, exportação e de Gás Natural Liquefeito (GNL).

Recommended Posts
0