In news

mcel

MCel-Moçambique Celular em parceria com o consórcio FFH-Henan Guoji Imobiliária, acaba de lançar um projecto que consiste em proporcionar aos seus clientes pré-pago a oportunidade de adquirir duas casas habitacionais TipoII, no Projecto Intaka, no municípioda Matola, avaliadas em 1.700 mil meticais cada, ao custo de um SMS. O acordo para a materialização deste projecto, denominado “Casa de Sonho”, foi celebrado por ambas instituições, segundafeira última, em Maputo, com o objectivo de facilitar o acesso da população à habitação, particularmente os clientes da primeira provedora de celulares em Moçambique. Nesta campanha, a ser desenvolvida ao longo dos meses de Agosto e Setembro, sob forma de concurso por escolha aleatória do vencedor, os clientes pré-pago da mCel poderão habilitar-se a ganhar um imóvel por mês, para além de prémios diários e semanais, constituídos por crédito,“modems” e telemóveis.

Segundo, o Administrador Comercial da mCel, Cláudio Chiche, com esta iniciativa a operadora pretende criar oportunidade para os seus clientes adquirirem habitação. sabemos que a maior parte da população moçambicana é jovem e precisa de uma habitação, daí que a mCel abraçou este projecto focalizado na juventude”, frisou Cláudio Chiche. “Acreditamos nós que, pelo preço do SMS para se poder habilitar a ganhar os imóveis, é um projecto no qual vale a pena apostar, não apenas para a empresa, mas também para os nossos clientes”, referiu. Por sua vez, o director-geral do consórcio FFH-Henan Guoji Imobiliária, Borges da Silva, disse:“a mais-valia deste projecto reside no facto de podermos proporcionar casas aos clientes da mCel, ao custo de um SMS”. “Temos diferentes formas de vender as casas e esta é uma delas”, realçou Borges da Silva.

Lembre-se que os imóveis fazem parte do projecto de construção de cinco mil casas tipo I, II, III e IV, no bairro Intaka, num investimento de cerca de 12 mil milhões de meticais.

In SavanaEventos

Recent Posts
0